Entre em contato: (11) 3676-0635 e (11) 9 9611-4805

Exercícios desconstrutivos

Exercícios desconstrutivos

Este subtema abrange trabalhos que dediquei ao estudo dos resultados obtidos por Heidegger na sua tentativa de reconduzir as figuras do pensamento teórico, científico e filosófico, e mesmo as do senso comum, à sua origem onto-ontológica (Heidegger I) ou acontecencial-ontológica (Heidegger II). Tentei escrutinar esse “reducionismo” de Heidegger levando em conta um precedente de peso, o da reconstrução kantiana das condições de possibilidade a priori, encontradas na natureza humana, do conhecimento, no agir livre e de todas as formas de facticidade da razão. A teoria proposta por Winnicott do brincar criativo e onipotente como modo de ser humano inicial, do qual se originam, por diversificação, especialização e sofisticação, as funções mentais e de sentimentos presentes nas diferentes formas da vida cultural – ciência, filosofia, arte e religião –, foi-me útil, desde 1992, nesse propósito de trabalhar não apenas sobre Heidegger, mas também com Heidegger e mesmo em direção oposta à de Heidegger.

• 1996

( 1 ) 84. Loparic, Z. (1996). O fim da metafísica em Carnap e Heidegger. In L. A. De Boni (org.), Festschrift em homenagem a Ernildo Stein (pp. 782- 803). Petrópolis: Vozes.
( 2 ) 87. Loparic, Z. (1996). O ponto cego do olhar fenomenológico. O que nos faz pensar, 1(10), 127-149.
( 3 ) 89. Loparic, Z. (1996). Heidegger e a pergunta pela técnica. Cadernos de História e Filosofia da Ciência, série 3, 6(2), 107-138.

• 1997

( 4 ) 97. Loparic, Z. (1997). A máquina no homem. Psicanálise e Universidade, (7), 14-32. Edição revisada em (161)
( 5 ) 100. Loparic, Z. (1997). Michel Haar: Nietzsche et la métaphysique. Manuscrito, 20(1), 135-144.

• 2000

( 6 ) 124. Loparic, Z. (2000). Is the Enlightenment an Outdated Program. Proceedings of the Twentieth World Congress of Philosophy, 7, 211-220. Philosophy Documentation Center, Bowling Green State University.

• 2001

( 7 ) 130. Loparic, Z. (2001). Além do inconsciente: sobre a desconstrução heideggeriana da psicanálise. Natureza Humana, 3(1), 91-140. Reeditado em (140) e edição revisada em (162)

• 2002

( 8 ) 138. Loparic, Z. (2002). Breve nota sobre Heidegger como leitor de Jünger. Natureza Humana, 4(1), 217-220.
( 9 ) 140. Loparic, Z. (2002). Além do inconsciente sobre a desconstrução heideggeriana da psicanálise. In N. Oliveira & R. Timm (orgs.), Fenomenologia hoje II, 269-315. Porto Alegre: EDIPUCRS. Reedição de (130) e edição revisada em (162).
( 10 ) 141. Loparic, Z. (2002). Binswanger, leitor de Heidegger: um equívoco produtivo? Natureza Humana, 4(2), 383-413. Tradução para o francês em (228).
( 11 ) 142. Loparic, Z. (2002). Sloterdijk, Peter 2001: Nicht gerettet. Versuche nach Heidegger. Natureza Humana, 4(2), 453-461. (Resenha).

• 2004

( 12 ) 153. Loparic, Z. (2004). A linguagem objetificante de Kant e a linguagem não-objetificante em Heidegger. III Colóquio do Círculo Latino-Americano de Fenomenologia (CLAFEN), 12-16/01/2004. Lima (Peru). (CD-Rom). Reeditado em (157) e (158).
( 13 ) 157. Loparic, Z. (2004). A linguagem objetificante de Kant e a linguagem não-objetificante de Heidegger. Natureza Humana, 6(1), 9-27. Reedição de (153) e (158).

• 2005

( 14 ) 158. Loparic, Z. (2005). A linguagem objetificante de Kant e a linguagem não-objetificante de Heidegger. Acta Fenomenólogica Latinoamericana, 2, 35-49. Bogotá: Editora San Pablo. Reedição de (153) e (157).
( 15 ) 161. Loparic, Z. (2005). A máquina no homem. In L. Fulgencio & R. Simanke (orgs.), Freud na filosofia brasileira (pp. 239-255). São Paulo: Escuta. Edição revisada de (97).
( 16 ) 162. Loparic, Z. (2005). Além do inconsciente sobre a desconstrução heideggeriana da psicanálise. In L. Fulgencio & R. Simanke (orgs.), Freud na filosofia brasileira (pp. 257-304). São Paulo: Escuta. Edição revisada de (130) e (140).
( 17 ) 167. Loparic, Z. (2005). Da representação das coisas às coisas elas mesmas. Representaciones, 1(1), 37-58.
( 18 ) 168. Loparic, Z. (2005). A fabricação dos humanos. Manuscrito (Festschrift em homenagem a Ítala M. Loffredo D´Ottaviano), 28(2), 391-415. Reeditado em (172).
( 19 ) 172. Loparic, Z. (2005). A fabricação dos humanos. In P. Alves, et al. (orgs.), Humano e inumano a dignidade do homem e os novos desafios. Atas do Segundo Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Filosofia, (pp. 31-48). Lisboa: Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa. Reedição de (168).

• 2007

( 20 ) 187. Loparic, Z. (2007). Introduction. In Z. Loparic & R. Walton (orgs.), Phenomenology 2005, (2), 13-31. Bucareste: Zeta Books.

• 2008

( 21 ) 200. Loparic, Z. (2008). A metafísica e o processo de objetificação. Natureza Humana, 10(2), 9- 44.

• 2009

( 22 ) 205. Loparic, Z. (org.), (2009). A Escola de Kyoto e o perigo da técnica. São Paulo: DWW Editorial.
( 23 ) 206. Loparic, Z. (2009). A Escola de Kyoto no Brasil. In Z. Loparic (org.), A Escola de Kyoto e o perigo da técnica (pp. 7-18). São Paulo: DWW Editorial.
( 24 ) 207. Loparic, Z. (2009). Metafísica e técnica em Heidegger. In Loparic, Z. (org.), A Escola de Kyoto e o perigo da técnica (pp. 207-244). São Paulo: DWW Editorial.
( 25 ) 210. Loparic, Z. (2009). A metafísica e o processo de objetificação. In O. F. Bauchwitz, et.al. (orgs.), Metafísica: ontologia e história: Atas do II colóquio internacional de metafísica (pp. 313-339). Natal: EDUFRN.