Entre em contato: (11) 3676-0635 e (11) 9 9611-4805

Winnicott e a experiência cultural

Winnicott e a experiência cultural

A teoria winnicottiana do tratamento dos distúrbios do amadurecimento remete à sua teoria do desenvolvimento saudável, que inclui, como elemento central, o conceito de criatividade primária e, baseada neste, uma teoria da produção em todos os campos da vida cultural e social. Neste subtema, abordo, portanto, as contribuições de Winnicott sobre assuntos diferentes dos tratados por ele nas áreas clínicas.

 

• 1997

( 1 ) 97. Loparic, Z. (1997). A máquina no homem. Psicanálise e Universidade, (7), 14-32. Edição revisada em (161)

• 1999

( 2 ) 114. Loparic, Z. (1999). Heidegger and Winnicott. Natureza Humana, 1(1), 103-135. Tradução brasileira em (180).
( 3 ) 118. Loparic, Z. (1999). A teoria winnicottiana do amadurecimento pessoal. Infanto, 7, suplemento 1, 21-23.

• 2000

( 4 ) 121. Loparic, Z. (2000). A moralidade e o amadurecimento. Atas do IX Encontro Latino-Americano sobre o Pensamento de D. W. Winnicott, 20-22/10/2000, (pp. 300-316), Rio de Janeiro: SBPRJ.

• 2001

( 5 ) 129. Loparic, Z. (2001). Ética originária e práxis racionalizada. Manuscrito, 24(1), 141-228. Reeditado em (182) e (191).

• 2007

( 6 ) 182. Loparic, Z. (2007). A ética originária e a práxis racionalizada. In A. N. Brito (org.), Ética questões de fundamentação, (pp. 167-237). Brasília: UnB. Reedição de (129) e Reeditado em (191).

• 2008

( 7 ) 193. Loparic, Z. (2008). O paradigma winnicottiano e o futuro da psicanálise. Revista Brasileira de Psicanálise, 42(1), 137-150.
( 8 ) 198. Loparic, Z. (2008). Winnicott e a atitude antissocial. Programas e Resumos do III Encontro Nacional de Pesquisadores em Filosofia e Psicanálise: “Psicanálise e Sociedade” 24-27/11/2008, (p. 41). Rio de Janeiro: UFF. 
( 9 ) 204. Dias, E. O. & Loparic, Z. (2008). O modelo Winnicott de atendimento ao adolescente em conflito com a lei. Winnicott e-Prints, série 2, 3(1/2), 47-60.

• 2013

( 10 ) 239. Loparic, Z. (2013). A ética da lei e a ética do cuidado. In Z. Loparic (org.), Winnicott e a ética do cuidado (pp. 19-53). São Paulo: DWW Editorial.
( 11 ) 242. Loparic, Z. (2013). O pai e o monoteísmo em Winnicott. Winnicott e-Prints, 8(1), 78-102. Reeditado em (246).

• 2014

( 12 ) 246. Loparic, Z. (2014). O pai e o monoteísmo em Winnicott. In C. D. Rosa (org.), E o pai? Uma abordagem winnicottiana (pp. 63-91). São Paulo: DWW Editorial. Reedição de (242).

• 2016

( 13 ) 260. Loparic, Z. (2016). A revolução do cuidado. Folha de São Paulo, Caderno Ilustríssima p. 6, 08/05/2016.