Página inicial > IBPW > Curso de Formação > Regulamento TCC

Regulamento TCC

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

Art. 1º. Todos os candidatos deverão elaborar e executar um projeto de pesquisa, produzindo texto científico de caráter teórico, relacionado ao mesmo tema, como requisito para obtenção do certificado de conclusão do curso.

Art. 2° O texto deve visar ao formato de um artigo científico, ter um tamanho de 15 a 30 páginas e ser elaborado de acordo com as normas da APA e da Revista Winnicott e-Prints e Comitê de Ética em Pesquisa, se necessitar de aprovação por este órgão.

Art. 3º. O candidato definirá o tema do projeto de pesquisa em conjunto com o professor orientador de TCC habilitado pelo IBPW.

Art. 4º. Após aprovação pelo professor orientador, o projeto de pesquisa deverá ser encaminhado ao Conselho de Ensino e submetido a um Comitê de Ética, se necessário.

Art. 5º. Aprovado o projeto de pesquisa pelo Conselho de Ensino, o candidato terá um prazo de 18 meses para entrega do TCC e agendamento da data da defesa.

Art. 6º. A elaboração do TCC será realizada sob a orientação de quem orientou a realização do projeto e por co-orientadores se for o caso.

Parágrafo único. Só será permitido mudar o tema e/ou o orientador com a elaboração de um novo projeto, e mediante o preenchimento dos seguintes requisitos:

  1. aprovação expressa do professor orientador;
  2. concordância expressa de outro professor em realizar a orientação, caso a mudança não seja aceita pelo orientador do primeiro tema, sendo obrigatória, contudo, a aquiescência expressa deste;
  3. aprovação do Conselho de Ensino;
  4. reapresentação do projeto com as adequações necessárias.

Art. 7º O texto científico em elaboração, a ser submetido como TCC, deverá passar por exame de qualificação quatro meses antes da data limite de defesa.

O exame de qualificação será feito por uma Banca Examinadora, indicada pelo candidato juntamente com seu orientador, aprovada pelo Conselho de Ensino, e constituída por dois integrantes com, no mínimo, grau de Mestre, sendo ao menos um deles docente da Escola Winnicottiana de Psicanálise, do IBPW. Pelo menos um dos examinadores deverá compor a banca de defesa final.

Art. 8º. A avaliação do TCC será realizada mediante defesa pública.

§ 1º. A avaliação do TCC deverá ser requerida pelo orientador ao Conselho de Ensino.

§ 2º. A avaliação do TCC será feita por uma Banca Examinadora, indicada pelo candidato juntamente com seu orientador, aprovada pelo Conselho de Ensino, e constituída pelo orientador e mais dois integrantes com, no mínimo, grau de Mestre, sendo ao menos um deles docente da Escola Winnicottiana de Psicanálise, do IBPW.

§ 3º. Quando da designação da Comissão Examinadora, deverão, também, ser indicados dois membros suplentes, encarregados de substituir cada um dos titulares em caso de impedimento ou qualquer motivo de força maior.

DO ORIENTADOR

Art. 9º. O orientador do TCC deverá:

- Ser membro do corpo docente do Instituto Brasileiro de Psicanálise Winnicottiana e ter título de psicanalista winnicottiano pelo IBPW ou ter no mínimo título de Mestre.

Parágrafo único. A critério do orientador e do Conselho de Ensino poderá ser admitido como co-orientador outro professor do Instituto.

Art. 10º. Serão admitidos, no máximo, dois orientandos, por orientador.

Art. 11º. Compete ao professor orientador:

  1. Orientar os candidatos na organização e execução de seu plano de estudos;
  2. Orientar os processos de pesquisa dos candidatos;
  3. Dar assistência aos candidatos na elaboração do TCC, visando ao formato de um artigo científico.

DA DEFESA

Art. 12º. Somente receberá aprovação do TCC o concluinte que obtiver o total de pontos requerido para o certificado (média de no mínimo 7,0 pontos).

Art. 13º. As sessões de defesa do TCC serão públicas, respeitada a capacidade do recinto e eventuais restrições no interesse da boa ordem dos trabalhos.

Art. 14º. Cabe ao professor orientador a tarefa de coordenar a sessão de defesa, devendo tomar todas as medidas necessárias à ordem dos trabalhos.

Art. 15º. O candidato deverá entregar o TCC para os membros da Comissão Examinadora com antecedência de no mínimo trinta dias da data da defesa.

Art. 16º. Na defesa, o candidato terá 20 minutos para fazer sua exposição, enquanto cada componente da Banca Examinadora terá até 15 minutos para fazer sua arguição, dispondo o candidato de outros 10 minutos para responder a cada um dos examinadores.

Parágrafo único. O orientador, se assim entender, pode abster-se de proceder à arguição ao seu orientando, atribuindo a respectiva nota pelas respostas do candidato às arguições dos outros professores.

Art. 17º. A atribuição das notas será realizada após o encerramento da etapa de arguição.

§ 1º. As notas serão atribuídas individualmente, em escala de zero (0) a dez (10).

§ 2º. A atribuição das notas será realizada em tabelas, onde cada membro da comissão examinadora registrará sua nota. Serão avaliados os seguintes itens:

ITEM AVALIADO PESO
Definição e delimitação adequada do ’objeto de pesquisa’. 1
Organização formal do texto: divisão adequada em capítulos e subitens, utilização de notas de rodapé, presença de sumário, introdução e conclusão em tamanho adequado, e respeito às normas e convenções acadêmicas de citação: utilização das normas APA para realizar citações e montar a bibliografia. 1
Domínio da língua na redação: utilização da norma culta da língua portuguesa; uso adequado de gramática e vocabulário em geral; coesão e coerência do texto. 1
Organização analítica do discurso: argumentação lógica, fundamentação das hipóteses e conclusões, precisão conceitual. 2
Diálogo com a bibliografia pertinente: menção adequada aos principais autores que permitem pensar sobre determinada questão. 2
O texto como um todo demonstra domínio, compreensão e capacidade de utilização e articulação da psicanálise winnicottiana. Além disso, originalidade na abordagem, no recorte do tema ou na maneira de apresentá-lo. 3

§ 3º. A nota final do concluinte será o resultado da média aritmética das notas atribuídas pelos membros da Banca Examinadora. Será considerado aprovado o TCC que obtiver no mínimo 7,0 (sete) pontos.

§ 4º. No caso em que tenha sido emitida nota inferior a sete e maior ou igual a seis, deverão constar na ata da defesa as modificações propostas pela Banca Examinadora e nova versão do TCC deverá ser apresentada, no prazo máximo de 60 dias, preferencialmente, para a mesma Comissão Examinadora, que terá prazo de 30 dias para atribuir nova nota.

Art. 18º. O candidato que não entregar o TCC ou que não se apresentar para a defesa oral, sem motivo justificável, será considerado reprovado.

Art. 19º. A avaliação final, assinada pelos membros da Banca Examinadora, deverá ser registrada em ata, ao final da defesa.

Art. 20º. Compete ao Conselho de Ensino a análise e julgamento dos recursos contra a avaliação final.

Art. 21º. Para a apresentação do TCC, o candidato deverá, dentro dos prazos estabelecidos pelo Conselho de Ensino, satisfazer os seguintes critérios:

  1. ter conceito satisfatório em todas as disciplinas;
  2. ter a aprovação do projeto de pesquisa pelo Conselho de Ensino;
  3. ter sido aprovado no exame de qualificação;
  4. ter o TCC aprovado e/ou recomendado pelo orientador para apresentação pública.

§1º. A apresentação do TCC será feita publicamente, conforme agendamento estipulado pelo orientador e aprovado pelo Conselho de Ensino.

§2º. Para fins de apresentação do TCC, o candidato deverá encaminhar, inicialmente, ao Conselho de Ensino, no mínimo 05 (cinco) exemplares do texto (titulares da banca e suplentes).

§3º. Antes da homologação, pelo do Conselho de Ensino, da ata da defesa, o Instituto Brasileiro de Psicanálise Winnicottiana não pode emitir qualquer tipo de documento comprobatório de aprovação do TCC.

DA VERSÃO DEFINITIVA DO ARTIGO CIENTÍFICO QUE RESULTA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Art. 22º. Caso a Banca Examinadora recomende a publicação do Trabalho de Conclusão de Curso, a versão definitiva do artigo científico, com as alterações propostas pela Comissão Examinadora, deverá ser submetida a alguma revista científica, escolhida conjuntamente com o orientador, após aprovação da versão final pelo Conselho de Ensino. Caso os membros da banca solicitem cópias, estas deverão ser entregues impressas ou de forma digital.

DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 23º. Os casos omissos serão analisados pelo Conselho de Ensino.